EAD – plataformas e serviços

A democratização do acesso ao conhecimento trouxe junto a possibilidade do aprendizado a distância, ou educação a distância. Muitas são as possibilidades, usando plataformas e softwares gratuitos, ou pagos.Gostaria de diferenciar o aprendizado síncrono do assíncrono, para facilitar a compreensão das características apresentadas abaixo:Síncrono: é o aprendizado que, mesmo à distância, ocorrem com aulas virtuais, com data e horários marcados, onde há interação on time dos participantes. Podemos imaginar como uma sala de aulas virtual, muito próxima de uma sala de aulas “real”.Assíncrono: é o aprendizado realizado através da disponibilização/leitura de conteúdos, fóruns, exercícios. Há sim uma interação entre os participantes, porém não ocorre em uma sala de aulas virtual.

Abaixo algumas das plataformas em que já trabalhamos (ou trabalhamos atualmente):

www.blackboard.com

O Blackboard é uma das plataformas mais completas e estáveis em que já trabalhei, tanto como facilitador como aluno. A plataforma pode ser dividida em duas: Blackboard Collaborate e Blackboard Learn, síncrona e assíncrona, respectivamente. As duas interagem entre si e é possível integrá-las para um curso ou capacitação.

Prós:

  • Possui uma conexão estável. Para participantes, é possível conectar-se à sala de aulas usando um modem 3G. Para os facilitadores é aconselhável usar uma conexão mais alta, em virtude do streaming de video
  • É possível gravar as sessões e assistir online ou offline. O fornecedor do serviço possui um software chamado Publish que permite o download das sessões gravada. Há uma pequena perda de qualidade, mas é um grande acessório para participantes que não possuem Internet estável
  • A sala de aulas pode ser subdivida em sub-salas para exercícios em grupo
  • É possível usar mais de um microfone e mais de um vídeo ao mesmo tempo. Entretanto, apenas quando todos os participantes possuem boa conexão é aconselhável usar esta funcionalidade.
  • Possui várias ferramentas para trabalhos colaborativos nos slides apresentados, além de ser possível realizar pesquisas pontuais (escolha de opções apresentadas e publicação no slide do resultado de votação dos presentes na sala).
  • Não tive a oportunidade de me aprofundar na plataforma assíncrona (Learn), mas pelo pouco que pude ler é uma plataforma completa, onde podem ser disponiblisados materiais, criados fóruns colaborativos e definidos exercícios.

Contras:

  • O valor da anuidade é alto, sendo aplicável apenas para instituições de ensino ou cuja demanda por treinamentos e capacitações seja alta.
  • Em minha última consulta, o valor da anuidade girava em torno de:
    • US$ 12 mil – apenas para o Collaborate (síncrono), até 500 alunos.
    • US$ 40 mil – para Collaborate e Learn (síncrono e assíncrono), até 1000 alunos.

www.citrixonline.com

Utilizei o GoToMeeting (ou GoToTraining) apenas como participante, por isso não posso avaliar as funcionalidades para os facilitadores na plataforma. Este serviço faz parte de um conjunto de ferramentas disponibilizada pela Citrix Online, que incluem o GoToMyPC e GoToAssit. Vale uma futura avaliação destas funcionalidades adicionais.

Prós:

  • Em termos de estabilidade, considero tão estável quanto o Blackboard Collaborate – percebi que mesmo com vários microfones em uso simultaneamente a plataforma se manteve estável, sem “queda” de nenhum participante nem “lags” de voz.
  • Outro ponto de destaque foi a possibilidade de execução de vídeos para que todos os participantes assistam. Não cheguei a testar esta funcionalidade no Blackboard, mas diante das limitações com vídeo do facilitador, acredito que o GoToMeeting vence neste quesito.
  • O GoToMeeting possui a mesma função de gravação da sessão, mas não avaliei sua qualidade.
  • Há ainda um sistema de poll (pesquisas on time) que, enquanto participante, achei mais robusto.
  • Custo: em minha última consulta a anuidade (apenas para o GoToMeeting) era de US$ 468 por ano – mais acessível para organizações que não têm o ensino como atividade principal.

Contras:

  • Achei a organização dos slides e o conjunto de ferramentas colaborativas pobre em relação ao Blackboard.
  • É mais difícil também interagir vir chat, em virtude de uma funcionalidade que “fecha” o bate-papo quando não utilizado por algum tempo
  • De uma forma geral, achei o ambiente (visualização) mais complexo e fraco que o Blackboard. Mas precisaria explorar mais as funcionalidades enquanto facilitador, para poder melhor avaliar.

www.moodle.org.br

O Moodle é a plataforma assíncrona para educação a distância mais conhecida e utilizada por universidades e instituições de ensino. Seu grande diferencial é ser uma plataforma gratuita, bastando, entretanto, que você possua um servidor onde possa instalar e disponibilizar o serviço.

Para quem não possui um servidor, há diversos sites na Internet que oferecem o uso da plataforma, com custos variáveis. Vale uma pesquisa, ou mesmo analisar se o seu Desktop e conexão com a Internet já não são suficientes para a plataforma (dependendo da sua necessidade em termos de número de cursos e alunos).

O Moodle é configurável, e bastante amplo. Pode-se disponibilizar materiais, fóruns, exercícios, chats, vídeos, organizando-os por módulos. O que difere o Moodle de uma plataforma “comum” é que ele rastreia a participação dos alunos em fóruns e chats, com estatísticas que auxiliam o professor a definir uma nota de participação.

Outro diferencial (em relação a uma plaraforma comum) é que todos os módulos podem ser construídos, e disponibilizados de acordo com o avanço de cada aluno, ou cada grupo de alunos.

www.ning.com

NING é uma plataforma de rede social privada, mas que pode ser adaptada e usada como ambiente assíncrono de aprendizagem colaborativa. Como não é direcionado ao ensino a distância, é preciso cuidado na criação dos menus e opções para não “poluir” o ambiente com distrações demais.

Em relação ao Moodle, é mais amigável, e assemelha-se a redes sociais como Orkut – o que torna a personalização de perfis individuais um fator atrativo. Possui fóruns, espaço para disponibilizar materiais, e alguns aplicativos que podem melhorar a interação (polls, conexão com FaceBook, etc.).

Porém, não é modular – ou seja, a distribuição do conteúdo ao longo de um curso deve ser feita manualmente, o que pode gerar muito trabalho para cursos longos (como especializações, por exemplo).

O custo é bastante acessível: R$ 55,00 mensais para até 1000 usuários.

www.yammer.com

Yammer é outra plataforma de rede Social privada, semelhante ao Ning,  que pode ser adaptada e usada como ambiente assíncrono de aprendizagem colaborativa.

Apesar de não conhecer as funcionalidade do Yammer, o valor de investimento é calculado por usuários – ou seja, pode ser mais prática para empreendedores em início de atividade, pois podem incluir este curso na mensalidade e não pagar por 1000 usuários enquanto ainda possuem apenas 20 alunos…

Outras plataformas e ferramentas

Existem muitas outras  plataformas para ensino a distância disponíveis na Internet, tais como o Stoodos e Vyew. Ambos possuem plataformas de aulas síncronas e espaço colaborativo assíncrono. O Stoodos possui uma funcionalidade que permite integrar o processo de inscrição e pagamento (por parte dos alunos), facilitando a administração (obviamente, com uma comissão para o site). O Vyew é gratuito para até 10 pessoas em uma sala, baseado no ad supported – o que pode ser “chato” muitas vezes.

O mais importante é estimar sua necessidade de uso de uma plataforma de ensino virtual: quantos cursos e turmas simultâneas, com quantos alunos, se ocorrerão aulas síncronas ou o aprendizado será autônomo (assíncrono), e pesquisar na Internet. Vale ainda pesquisar ferramentas adicionais à plataforma, como o Eventbrite, que funciona como um local de inscrições (registro), com administração do pagamento, o que facilita a vida do facilitador/empreendedor.

O bom do ensino a distância, online, via Internet, é que ela mesmo (a Internet) permite uma pesquisa de plataformas e serviços de suporte. Uma última dica é pesquisar em inglês: muitas vezes plataformas em inglês são mais acessíveis (custo) e completas – e desde que o conteúdo do curso em si esteja na língua que você deseja, o idioma da plataforma pouco influenciará no aprendizados dos participantes.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s